Audiência Pública sobre a Reforma da Previdência

altalt

    Realizamos na manhã de hoje, Audiência Pública, para discutir a respeito da PEC 287, que trata da reforma da previdência.

Na oportunidade estiveram presentes, além de vários deputados, representantes das Centrais Sindicais, do Ministério Público Estadual, do Tribunal de Justiça e de trabalhadores tanto da iniciativa privada quanto do setor público.

    Os presentes, por unanimidade se decidiram contrários à reforma como quer o governo Temer. Entre as propostas mais criticadas, destacamos a idade mínima de 65 anos, a contribuição de 49 anos para ter direito ao benefício integral e a igualdade de idade entre homens e mulheres, na qual todos ressaltaram que as mulheres, por terem jornada dupla de trabalho, devem continuar com o seu benefício. Sem contar que uma análise mostra que quem mais vai perder com a nova previdência, são aqueles trabalhadores que se aposentam com um salário mínimo.

    Enfim, foi redigida a carta do Paraná, endereçada aos Deputados Federais e Senadores, pedindo amplo debate sobre o assunto e que não seja aprovada nos moldes que o governo federal propôs.