Get Adobe Flash player
Home Notícias Deputado Luersen cobra mais segurança para caminhoneiros no Porto de Paranaguá

Deputado Luersen cobra mais segurança para caminhoneiros no Porto de Paranaguá


altalt

 

    O deputado estadual Nelson Luersen (PDT) cobrou das autoridades, em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, mais segurança para os caminhoneiros que trabalham com carga e descarga no Porto de Paranaguá. Coordenador da Frente Parlamentar do Transporte Rodoviário, Luersen diz ter sido procurado por caminhoneiros e transportadores que atuam em Paranaguá, que relataram a ocorrência de frequentes assaltos e roubos de cargas nas vias de acesso ao Porto.

“Estamos nos aproximando de uma das maiores safras da história do Paraná. E nos últimos dias, vários caminhoneiros do Oeste e do Sudoeste entraram em contato conosco reclamando da falta de segurança em Paranaguá”, explicou o parlamentar. De acordo com Luersen, os furtos acontecem no caminho entre o pátio de triagem e os terminais de embarque, quando os caminhões muitas vezes trafegam em baixa velocidade, e os criminosos rompem as bicas das carrocerias que ficam na parte traseira dos veículos, espalhando a carga pelo asfalto. O produto então é recolhido e levado para depósitos clandestinos, de onde são revendidos ilegalmente.

    Nos últimos dias, como os caminhoneiros estão se precavendo, adotando travas para impedir a abertura das bicas de seus veículos, os assaltantes estão ficando mais agressivos e violentos. No último dia 4, dois caminhoneiros foram alvo de um assaltante armado em uma das vias de acesso ao Porto. Um dos caminhoneiros, de Santa Terezinha do Itaipu, foi baleado mesmo sem reagir, e a bala se alojou na coluna, fazendo com que ele ficasse paraplégico, segundo relatos da imprensa local.

    “Após os motoristas saírem do pátio de triagem, eles vivem uma insegurança total. Sem contar a falta de apoio por parte das empresas exportadoras e importadoras que muito lucram com o trabalho dos caminheiros, no entanto, os mesmos não têm nem aonde fazer suas necessidades fisiológicas ou tomar banho enquanto aguardam na fila”, diz Luersen.

 

    O deputado fez um apelo ao governo do Estado, e à Secretaria de Segurança Pública, além da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), para que tomem medidas urgentes para coibir essas ocorrências e oferecer mais segurança e comodidade aos caminhoneiros e transportadores. “Muitos caminhoneiros não estão mais querendo descarregar em Paranaguá por medo de assalto, roubo, violência. Pessoas que não têm certeza se vão retornar à seus lares devido à insegurança. E o Porto, que é administrado pelo governo através da APPA, precisa rever seus conceitos. A segurança pública é responsabilidade da Secretaria de Segurança, da Polícia Rodoviária que fiscaliza a BR-277 e também da prefeitura municipal. Todos têm responsabilidade pelos caminhoneiros que estão em Paranaguá trabalhando para sustentar suas famílias”, considera Luersen.